Projeto idealizado por Jair Francisco de Andrade Pinheiro encontra-se em fase de Projeto Conceitual, sendo que o Projeto Executivo está em curso de desenvolvimento.
Tribunal Arbitral
O cenário brasileiro no atendimento a litígios pelo uso da infraestrutura do Judiciário Brasileiro é de total visão de atraso e descrença por parte da população. Não raras são as vezes em que ouvimos manifestações de pessoas que, descrentes que a Justiça pode ser atingida, deixam de lado seus direitos, abrindo mão dessa importante ferramenta de Cidadania.

Para atender a essa circunstância, o Governo Federal aprovou a Lei 9.307 de 1996 que veio para embasar e dar suporte a essa nova modalidade de conciliação, já amplamente aplicada em nível internacional.
A Arbitragem pode ser aplicada sempre que houver direito patrimonial disponível e sempre que for desejo de ambas partes, por unanimidade.

Contando com a experiência de quase treze anos de atuação do TASP – Tribunal Arbitral de São Paulo, onde participo como representante da divisão de novos negócios, tem demonstrado um enorme experiência prática no atendimento de conflitos, onde ambas partes desejam rápida solução, observado-se sucesso e satisfação dos litigantes com soluções rápidas e harmoniosas.

Litígios comerciais e societários, comércio internacional – trading – são alguns exemplos de demandas propícias a serem tratadas pela arbitragem.

Assim, temos por objetivo aplicar o projeto Conceitual no suporte à criação e estruturação de Câmaras Arbitrais, gerando oportunidades para os seus gestores e assim, produzindo Harmonia e Paz em Nossa Sociedade.

cidadania, empreendedorismo sustentável, inovação
& responsabilidade social
l
Cidadania & Empreendedorismo